4 Tipos de Desperdício na Construção Civil: Acabe com Eles e Evite que seu Dinheiro Escorra pelo Ralo

Você já deve saber que o desperdício corrói o nosso dinheiro. Mas você sabe como o desperdício na construção civil afeta os seus ganhos e a sua lucratividade?

Talvez você nem esteja percebendo, mas sua obra pode estar drenando o seu dinheiro com tanto alguns tipos de desperdício  “invisíveis”. Ou você até já percebeu, mas ainda não sabe como controlar isso.

É sobre isso que quero falar com você neste artigo: o desperdício oculto, aquele que não é tão fácil de identificar. Continue lendo para descobrir.

 

Desperdício Exagerado na Construção Civil: Mito ou Realidade?

 

Ainda se ouve algumas pessoas dizendo a respeito do desperdício na construção civil que “a cada 3 prédios construídos, 1 é desperdiçado” . Mas isto é um mito!!!

Há muito desperdício na construção civil sim, mas não é para exagerar tanto!

As pesquisas desenvolvidas pela Escola Politécnica da USP concluíram que as perdas de materiais chegam a 8% e as perdas financeiras, inclusive aquelas relativas a custos de re-trabalhos, chegam a 30%. Mesmo não sendo um prédio desperdiçado a cada três construídos, esse número de desperdício é bem expressivo.

A maioria das pessoas pensa que desperdício na construção civil é apenas aquele entulho que fica nas caçambas espalhados pelas calçadas das ruas. Mas, no meio técnico, o conceito de desperdício é bem mais amplo.

Desperdício é consumir exageradamente qualquer tipo de recurso. Uma perda ocorre quando se utiliza uma quantidade maior que a necessária de um dado insumo.

Há 4 tipos de desperdício, vamos chamá-los de “perdas”: